[Copa Ouro] Martinica: A experiência é o ponto forte

Martinica parte para a quinta participação na Copa Ouro, tem experiência e não é uma surpresa quando se classifica. A federação não é filiada à FIFA, apenas a Concacaf, e não há nada que indique uma mudança. Para essa edição, o elenco conta com nove jogadores que participaram da edição 2013, sendo que sete deles podem atuar juntos. Isso, pois os três goleiros, Olimpa, Vermignon e Chauvet, se repetem no plantel. Os destaques entre os que retornam são o defensor Delem, do Seattle Sounders, e o atacante Arquin, do Mansfield Town.

Porém, as duas principais apostas da Martinica participarão pela primeira vez da Copa Ouro, os atacantes Steeven Langil, 29, e Johan Audel, 33, com passagens por grandes ligas durante a carreira.

O plantel conta com 16 jogadores que atuam na liga local (que garante vaga na Copa da França), sendo que o Club Franciscain é o líder, com sete atletas. No ranking geral, o clube é o segundo que mais cedeu atletas.

Perspectiva

A Nicarágua é o adversário que a Martinica deve bater de frente na luta pelo terceiro lugar. A equipe pode se aproveitar da “bipolaridade” do Panamá, para complicar a vida adversária. O Estados Unidos, (eterno) anfitrião, é a grande força do grupo.

Clique nas imagens abaixo, para ler sobre as duas outras seleções

About the author

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: