[Copa Ouro 2017] Guiana Francesa: Malouda e mais dez

Assim que a preparação da Guiana Francesa para a Copa Ouro começou, o que mais chamou atenção foi a presença de um rosto conhecido, que participou de Copa do Mundo. Era Florent Malouda, ex-Lyon, Chelsea e seleção francesa, que nasceu no território pertencente à França e no fim da carreira (se é que não terminou) irá servir a seleção natal. Como a Guiana Francesa não é filiada à FIFA, não há impedimento na ação de Malouda, pois a federação local é associada à Concacaf.

A seleção é dividida entre jogadores que atuam na França (12) e Guiana Francesa (9). Da liga local, o US Matoury conta com cinco atletas, um dos clubes que mais mandou jogadores para o continental. Da França, destaque para dupla do Guingamp, Shaquille Barnwell (time B) e Sloan Privat, além do goleiro Donovan Léon, do Brest. Com um elenco com média de 27 anos, que mescla juventude e experiência, a seleção verde e amarela busca deixar uma boa impressão na estreia e na que pode ser a única participação na Copa Ouro, pois há um interesse da federação em se filiar a Conmebol, após a disputa.

Perspectiva

No grupo mais equilibrado da Copa Ouro 2017, a Guiana Francesa terá dificuldades, mas não deve passar por nenhum vexame. Contra o Canadá, um jogo-chave para tentar uma vaga como um dos dois melhores terceiros colocados. A (possível) falta de conhecimento da equipe por parte de Honduras e Costa Rica, pode ser um fator surpresa nestes confrontos.

Clique nas imagens abaixo, para ler sobre as duas outras seleções

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s