Revista Série Z BELARUS,CAZAQUISTÃO,GUIA,Lituânia,NORUEGA,SUÉCIA Do Cazaquistão à Suécia: os Debutantes da Europa 2022 – Parte I

Do Cazaquistão à Suécia: os Debutantes da Europa 2022 – Parte I



Anúncios

Enquanto boa parte das ligas europeias terminou, outras estão no início, pois têm calendário igual ao brasileiro. Uma das séries mais tradicionais da Revista Série Z continua para esse ano, trazendo os Debutantes da Europa, novamente. Nós vamos viajar para cinco países para mostrar as novidades do Velho Continente, passando por Belarus, Lituânia, Noruega e Suécia, além de dois clubes do Cazaquistão. Há brasileiros nos elencos e boas histórias das chegadas até as elites nacionais.

Arsenal Dzerzhinsk – Belarus 🇧🇾

Em janeiro de 2019, Alexei Meleshkevich fundou o Arsenal Dzerzhinsk, mais um clube de Minsk, maior região futebolística do país. A ascensão foi rápida, com título da terceira divisão de 2019 e da segunda divisão de 2021. Em 2020, o clube ficou em quarto e por pouco não garantiu vaga. O destaque do time é Artem Kiyko, artilheiro do clube na segunda divisão, com 14 gols.

Anúncios

Aksu – Cazaquistão 🇰🇿

Em 2019, o tradicional Irtysh Pavlodar foi suspenso da primeira divisão cazaque, culminando no dissolvimento do clube. Desde então, a região de Pavlodar não tinha um representante na elite. Eis que o FC Aksu recoloca o local na divisão. Fundado em 2018, o clube teve três anos de terceira divisão até ser campeão em 2020 e engatar mais uma taça em 2021 com a segunda divisão. Ruslan Kostyshyn é o treinador do clube. Ele que foi o responsável pelo debute do Kolos Kovalivka no Campeonato Ucraniano em 2019.

Anúncios

Maktaaral – Cazaquistão 🇰🇿

Do Turquestão, o FC Maktaaral se tornou o clube mais ao sul do Cazaquistão a chegar na primeira divisão local. Fundado em 2012, a equipe conviveu com uma subida de patamar muito grande de 2013/2014 para as outras temporadas quando saiu de 15° lugar para frequentar os dez primeiros lugares de 2015 a 2021, quando ficou com o vice-campeonato e garantiu o acesso. O elenco desse ano tem um brasileiro: o meia-atacante Alex Bruno (foto abaixo), que teve três temporadas pelo Atyrau, antes de acertar com o atual lanterna da Kazakhstan Premier League.

Anúncios

FA Siauliai – Lituânia 🇱🇹

Para quem é mais antenado no futebol báltico, o nome Siauliai não é estranho. O FA Siauliai é o terceiro clube da região a chegar na elite lituana. O primeiro foi o FK Kareda Siauliai, que saiu da cidade em 2000 – e foi dissolvido em 2003 quando estava em Kaunas – e o segundo foi o FC Siauliai, extinto em 2016. O novo clube é de 2007, mas ganhou mais força em 2016, quando saiu da quarta para a terceira divisão. Ficou três anos na segunda liga, quando foi campeão em 2021.

Para a primeira temporada na elite, o clube tem um elenco com apenas um estrangeiro, o armênio David Arshakyan, atacante. São cinco jogadores com passagem pela seleção da Lituânia: os zagueiros Algis Jankauskas e Vytas Gaspuitis, o volante Simonas Paulius, o meia Daniel Romanovskij e o atacante Eligijus Jankauskas.

Anúncios

Jerv – Noruega 🇳🇴

Você conhece o glutão (ou carcaju)? É um mamífero carnívoro, que parece um “urso com cauda”, que tem o nome de “wolverine” no dicionário inglês. Na Noruega, o animal é conhecido como “jerv”, que dá o nome a novidade da Eliteserien, a primeira divisão local. Fundado em 1921, o clube conseguiu o inédito acesso no ano do centenário. De Agder, condado norueguês, o time fica ao leste de uma região que sempre viu os times ao redor na elite, mas demorou para ver um clube neste nível. Com um elenco mantido da segunda divisão, o FK Jerv luta para não bater e voltar. O grande destaque é o caboverdiano Willis Furtado, artilheiro do time na campanha passada, e que participou da Copa das Nações Africanas.

Anúncios

IFK Värnamo – Suécia 🇸🇪

Desde 2018 que o Condado de Jönköping não tinha um clube na primeira divisão sueca. A retomada é com o IFK Värnamo, clube de 110 anos, que tem apenas nove participações no segundo nível, sendo que entre 2011 e 2018, disputou quatro repescagens de rebaixamento. Em 2021, o clube voltou após ser campeão da terceira divisão e engatou com a taça da Superettan. Até o acesso inédito era conhecido por ser o time que formou Jonas Thern, meio-campo que foi capitão da seleção nacional na histórica campanha da Copa do Mundo 1994.

O elenco atual tem três brasileiros: o lateral-direito Netinho (que estava no acesso do ABC na Série D 2021 e que esteve na Suécia entre 2018 e 2019), o volante Wenderson (esteve no acesso de 2021 e foi mais que veio do ABC, onde estava em 2020) e o meia Erick Brendon (está há quatro anos no clube e fez carreira no futebol fluminense).

Deixe uma resposta

TopBack to Top
%d blogueiros gostam disto: