Revista Série Z APITA O ÁRBITRO,ESTADOS UNIDOS,SÉRIE Z OLÍMPICA Super Bowl 56: o passado de três jogadores no futebol

Super Bowl 56: o passado de três jogadores no futebol



Anúncios

A final do futebol americano é um evento de dimensões surreais que a cada ano é a ansiedade do fã do esporte, a primeira partida vista por muitos e aqueles que vão assistir pelo show do intervalo que sempre traz uma grande atração. Nós trabalhamos com futebol e conseguimos identificar três jogadores envolvidos na disputa que jogaram futebol durante a formação colegial ou universitária. O trio vem dos Los Angeles Rams, favorito para levar a taça na decisão, pela campanha e na visão das casas de apostas. A Série Z mostra quem são esses jogadores, com dois casos extras, além de mostrar o histórico das cidades na MLS e a relação futura do estádio com o futebol.

Odell Beckham Jr. (wide receiver) – Los Angeles Rams

OBJ é daqueles casos de poliesportistas na formação. Além do futebol americano, ele era destaque no basquete e atletismo. Entre os três e 14 anos, ele jogou futebol, onde, também, chamava atenção. Um treinador nos juniores chegou a pedir para tentar uma vaga na seleção nacional da categoria, mas ele preferiu seguir em outros esportes, onde tinha mais talento. O sobrenome e a ida dele aos Estados Unidos fizeram com David Beckham se tornasse seu ídolo.

Em 2015, Odell conheceu as instalações do Tottenham, quando foi um dos enviados da NFL para promover o esporte no Reino Unido. No clube, ele encontrou um ídolo do futebol estadunidente, Brad Friedel, que jogou por anos no clube

Matt Gay (kicker) – Los Angeles Rams

Nessas listas, sempre os favoritos a aparecerem são os kickers, que tem uma habilidade com os pés como a função mais importante. Com 94,1% de aproveitamento na temporada regular, a melhor marca nos três anos de NFL, ele foi goleador no futebol.

No College, ele chegou a ser o maior artilheiro da história da Orem High. No futebol universitário, ele foi artilheiro da temporada 2014 do Utah Valley University, sendo que foi o primeiro da instituição a ser convocado para um período de treinamento com seleção sub-17. Porém, incentivado por um amigo, mudou de esporte.

Com 100 quilos, Gay se destacava pela força física no gramado da UVU

Jacob Harris (wide receiver) – Los Angeles Rams

Draftado nessa temporada pelos Rams, Jacob não estará no Super Bowl, pois se lesionou seriamente na semana 9 em jogo contra o Tennessee Titans. Com talento reconhecido no futebol americano universitário, onde defendeu a Universidade da Flórida Central, ele chegou a ser recrutado inicialmente para jogador futebol na instituição, mas acabou indo para o esporte da bola oval.

Anúncios

Casos extras

– Eric Weddle se aposentou em 2020 no LA Rams, mas voltou ao clube em janeiro desse ano, pois os dois safeties (que jogam na linha secundária da defesa) estão fora de ação. Ele não foi jogador de futebol, mas a esposa, sim, mesmo que sem ter chegado ao esporte profissional. Em 2005, Chanel Blaquiere-Weddle fez parte do elenco do Texas A&M Aggies, campeão da Big 12 Conference da NCAA, campeonato universitário do país.

– Evan McPherson é o kicker do Cincinnati Bengals, mas não passou pelo futebol durante a formação segundo os relatos. Ele brincava de futebol com os irmãos na infância, até que se deparou com a função de kicker, que o levou até a decisão da temporada 2021

Anúncios

Mais de futebol e Super Bowl 56

FC Cincinnati x franquias de Los Angeles

Desde que estreiou na MLS, o FC Cincinatti é o pior time da competição, com as piores campanhas de 2019 a 2021. Em três temporadas, houve apenas dois encontros da franquia contra os times de Los Angeles, com duas derrotas. Em abril de 2019, derrota para o Los Angeles FC, e dois meses depois, novo revés, dessa vez para LA Galaxy. Os placares das duas partidas foram 2 a 0.

Anúncios
Anúncios

SoFi Stadium e o futebol

Inaugurado em 2020, o SoFi Stadium foi construído em parceria entre o Chargers e Rams, ou seja, irá jogar o Super Bowl em casa. Até o momento, nenhuma partida de futebol foi realizada no local, o que vai acontecer em 2028, certamente, pois será o palco da modalidade nas Olimpíadas – além das cerimônias de abertura e encerramento e o tiro com arco. A administração do estádio ainda tem esperança de ser uma das sedes da Copa do Mundo de 2026.

Deixe uma resposta

TopBack to Top
%d blogueiros gostam disto: