Guia dos Debutantes da Copinha 2022

Anúncios

Começou 2022! Após o hiato de um ano provocado pela pandemia, a Copa São Paulo está de volta. Como sempre, muito futebol alternativo envolvido na competição, com muitas histórias inusitadas, de superação e de luta para continuar no futebol. Novamente, a competição terá 128 clubes de todas as federações.

Enquanto ainda não fazemos uma revista especial com um guia da Copinha, trazemos o que muito gostamos: os debutantes. Para 2022, 18 clubes de 14 estados diferentes disputarão a Copinha pela primeira vez. Nesse especial, falamos sobre cada clube e mostramos a agenda de jogos da primeira fase – as partidas sem veículo de transmissão informada serão mostradas no Paulistão Play e Eleven Sports.

Entre os estreantes, vale alguns destaques resumidos. Haverá apenas um confronto entre debutantes, com Ibrachina e Serranense, dia 8, sábado, pelo grupo 30. Outro ponto interessante é a representação do Espírito Santo, com os dois representantes em participação inédita. Aproveite nosso primeiro texto desse novo ano com um especial sobre a maior competição de base do Brasil.

Anúncios

Em 1974, um dos representantes do Mato Grosso na Copinha foi o Atlético Matogrossense. Em 2020, um novo Atlético Matogrossense foi fundado, mas com pessoa jurídica diferente. Apesar de trazer o 1948 no escudo e tratar como uma refundação, o novo Atlético é uma homenagem ao primeiro. Vice-campeão mato-grossense sub-19, o Atlético não aproveitará quase nada da base que perdeu a final para o Mixto, com menos de um time de remanescentes, que se juntará ao elenco feito em parceria com o Verê, um dos principais formadores do Paraná, e uma empresa de gerenciamento de carreiras. Desde outubro que o time se prepara na cidade paranaense com uma boa série de vitórias nos amistosos. O clube aposta alto na parceria e os parceiros pensam o mesmo sobre.

📅 04/01 | 13h15 – Bahia – Youtube /// 07/01 | 13h – Votuporanguense /// 10/01 | 11h – Monte Azul

Anúncios

Nem de longe, o time profissional do Taguatinga traz alegrias ao torcedor que tem cinco títulos candangos na era profissional. Um sopro de esperança ao TEC, que garantiu a inédita vaga na Copinha com o vice-campeonato estadual de Juniores, quando foi derrotado pelo Real Brasília, no começo de setembro. Desde então, o clube se prepara para a disputa e viajou até o estado de São Paulo com boa antecedência, saindo da cidade no dia 6 de dezembro, para encarar um dos grupos mais equilibrados da edição.

📅 02/01 | 13h45 – Mirassol – SporTV /// 05/01 | 16h – Sport /// 08/01 | 11h – Confiança

Anúncios

No dia 11 de setembro de 2021, o Andirá conquistou o inédito título do Acreano Sub-20, que fechou uma temporada espetacular do clube, que, também, venceu os torneios regionais do sub-13 e sub-17. Desde então, o elenco se prepara para a disputa da Copinha sob o comando de Kinho Brito com 30 atletas. A ideia do treinador é surpreender o Linense e ter um confronto de igual para igual com o Desportivo Aliança, além de fazer bom jogo contra o Atlético Mineiro.

📅 02/01 | 18h30 – Linense – SporTV /// 05/01 | 17h15 – Atlético Mineiro – SporTV /// 08/01 | 14h15 – Desportivo Aliança

Anúncios

Muitos clubes que não conseguem disputar a Copinha buscam parcerias para colocar atletas na competição com clubes que têm vaga. O Rondoniense garantiu a vaga por ser um dos dois melhores profissionais do Estadual Sub-20 e para melhorar a preparação, aceitou uma parceria com o America (RJ), que cedeu a estrutura no Rio para treinamento e em troca colocará alguns jogadores do time campeão do Carioca Série A2 2021 no elenco rondoniense. O time passou quase todo dezembro em terra fluminense em período de treinamento e chegou a vencer o Flamengo Sub-17, por 1 a 0.

📅 03/01 | 19h30 – Ferroviária /// 06/01 | 21h45 – Santos – SporTV /// 09/01 | 21h15 – Operário (PR) – SporTV

Anúncios

A expectativa era muito grande em Iacanga até que em 24 de novembro se confirmou: a cidade foi confirmada como sede da Copinha 2022. Esse feito tornou o município de pouco mais de 11.800 habitantes como a segunda menor sede da história da competição. Fundado em dezembro de 2019, o clube se filiou na FPF em 2021 para poder disputar as competições de base inicialmente. Esteve em campo com clubes sub-15 e sub-17, o segundo que deve ter alguns jogadores aproveitados no elenco. É, talvez, o clube mais alternativo dessa edição por todo contexto que a envolve.

📅 03/01 | 13h – Novorizontino /// 06/01 | 13h – União ABC /// 09/01 | 15h15 – Santa Cruz

Anúncios

Sem sombra de dúvidas, a vaga mais inusitada dada a um clube vem do Sergipe, que destina uma ao campeão do Estadual Sub-20 da Série A2, o segundo nível local. Originalmente, o campeão foi o Santa Cruz, mas que perdeu a taça por escalação irregular de um atleta. Dessa forma, a vaga coroou o trabalho do Falcon, que foi fundado em novembro de 2020, e já conquistou a Série A2 profissional e a vaga na Copinha. Atletas como o goleiro Gabriel Henrique, o zagueiro Zé Adrian, o lateral Cleyton, o volante Isaquiel e Neto, o meia João Felipe e Hery Johnson, os atacantes Pablo e David, que foram titulares na decisão do Sub-20, também, participaram do jovem elenco formado no profissional. De Barra do Cordeiro, o Falcão tem um projeto para ficar de olho nas disputas estaduais e regionais, sendo a Copa São Paulo um bom aperitivo para o que pode vir a frente.

📅 03/01 | 19h15 – América (MG) /// 06/01 | 17h – Sãocarlense /// 09/01 | 17h – São Carlos

Anúncios

Dono de um escudo bem semelhante ao Toronto FC, o Taquarussú estreia na Copinha por ter sido vice-campeão do Tocantinense Sub-20 2020, pois o vencedor, o Castelo, não poderia disputar, pois é um clube amador. A confirmação da vaga veio apenas no dia 3 de dezembro, um mês antes do início da competição. Rodrigo Goiano, diretor de futebol do clube, em entrevista ao ge.globo, disse que a disputa será “pela experiência, como aprendizado”.

📅 03/01 | 15h15 – Athletico /// 06/01 | 11h – União São João /// 09/01 | 11h – Velo Clube

Anúncios

Demorou, mas chegou o momento da estreia da Aparecidense na Copinha. O clube é o terceiro fora da capital a disputar a competição. Em 2021, o clube chegou na semifinal do Goiano Sub-20, quando perdeu para o Goiás, mas eliminou o Atlético Goianiense uma fase antes. No elenco de convocados para a Copinha, a ausência fica por conta de Matheus Bruno, artilheiro do Camaleão na disputa. Dois jogadores merecem destaque no elenco: os defensores Felipe Kauan e Bruno Henrique, que chegaram a ser relacionados para partidas da Série D 2021, quando o time se sagrou campeão da quarta divisão.

📅 03/01 | 15h15 – Botafogo – SporTV /// 06/01 | 13h – Taubaté /// 09/01 | 8h45 – Petrolina

Anúncios

Quarto colocado no Catarinense Sub-20, o Concórdia muda um pouco a história do futebol local, que teve poucos representantes na Copinha. O Galo é o sétimo barriga-verde na disputa. Com um bom trabalho de captação, o clube conseguiu a inédita vaga, com bons valores que chegaram a jogar o Catarinense “de profissionais” antes da disputa de base, como o goleiro Arthur Schmidt, o defensor Léo, os meias João Vitor e Bryan e o atacante Alysson. A expectativa é boa em um grupo equilibrado.

📅 04/01 | 15h15 – Fortaleza /// 07/01 | 11h – União Suzano /// 10/01 | 13h – Ituano

Anúncios

Uma das maiores incógnitas entre os debutantes da Copinha 2022 é o Bragantino. O clube garantiu a vaga na disputa por ser campeão do Paraense Sub-20 de 2019 – a FPF concedeu as duas vagas para os campeões de 2018 e 2019, pois em 2020 não houve disputa e e a disputa de 2021 terminou depois da indicação das vagas. Para a temporada 2021, o clube não se inscreveu no estadual da categoria e teve que montar um elenco no começo de dezembro para a disputa. O time será comandado por Ivan Almeida.

📅 05/01 | 13h15 – Ceará – Youtube /// 08/01 | 13h – Paulista /// 11/01 | 13h – São Bernardo FC

Anúncios

As perspectivas do CSE para 2022 são as melhores possíveis seja no profissional ou no sub-20. Alguns jogadores que devem participar da Copinha já fazem parte do time profissional, como o goleiro Bruno Pereira e os atacantes Adryel e Maxwell, que disputaram o Alagoano 2021 e foram campeões do Estadual Sub-20, que foi encerrado no dia 17 de dezembro, em final contra o CRB, quando reverteu o placar para ficar com a taça.

📅 05/01 | 19h30 – São Paulo – SporTV /// 08/01 | 19h15 – São Caetano /// 11/01 | 17h15 – Perilima

Anúncios

Fundado em 2018, o Aster foi criado por empresários paulistas para se tornar um celeiro da formação de atletas, com categorias desde o sub-13 até o profissional, que estreou em 2021. Com bons resultados pré-pandemia, o clube de Vitória ganhou o Capixaba Sub-20 de um jeito inusitado, pois o Forte Rio Bananal – que também está na Copinha – não chegou a tempo para a decisão e foi confirmada a vitória do clube azul e preto por WO. O elenco deverá contar com o goleiro Iarley, o lateral Fabiano, os meias Ramon e Reynald e os atacantes Ricardo e David, campeões do sub-20 e que tiveram jogos pelo time profissional durante a temporada.

📅 05/01 | 19h15 – Londrina /// 08/01 | 17h – EC São Bernardo /// 11/01 | 17h – São Bento

Anúncios

O Camaçariense é o 17° clube baiano diferente a disputar da Copa São Paulo. Em 2021, o clube voltou ao profissionalismo e continuou investindo forte nas categorias de base, por meio da The Wilson Favela Project, que passou a comandar o clube, uma ONG norte-americana. A classificação para as semifinais garantiria uma vaga na Copinha e foi assim que fez ao eliminar a Juazeirense. O time complicou a vida do Vitória na semifinal levando a decisão para as penalidades. O time era comandado por Reginaldo Reis, o Baiano, que assumiu o time adulto e deu lugar a Wilson Egidio, um dos fundadores do projeto supracitado.

📅 04/01 | 19h15 – Joinville /// 07/01 | 17h – Osasco Audax /// 10/01 | 17h – Santo André

Anúncios

Juridicamente, o SKA Brasil não é um debutante na Copinha, pois se trata do antigo Osasco FC, que teve cinco aparições anteriormente. Em 2019, houve uma compra da filiação por parte da SKA Brasil, que é presidido pelo ex-jogador Edmílson e logo ao final da construção do novíssimo estádio Gabriel Marques da Silva se mudou para Santana de Parnaíba, que será uma das sedes. O time fez um trabalho de captação para o Paulista Sub-20 e conseguiu novos jogadores para a estreia. A expectativa é boa para um grupo onde é favorito para conquistar uma das vagas.

📅 05/01 | 8h45 – Rio Claro /// 08/01 | 16h15 – Lagarto /// 11/01 | 17h15 – Vasco – SporTV

Anúncios

Foram 40 anos até a estreia na Copinha. Finalmente, o Mauaense entrará em campo na competição, com o adendo da primeira partida ser um dérbi municipal contra o Mauá. Sem um time inscrito no Paulista Sub-20, a Locomotiva teve que recorrer a avaliações no último trimestre da temporada para formar um elenco. No final de novembro, o clube iniciou os treinamentos de maneira mais completa até chegar o momento da estreia.

📅 04/01 | 13h – Mauá /// 07/01 | 15h15 – Atlético Goianiense /// 10/01 | 13h – Volta Redonda

Anúncios

Teve a decepção, mas ao menos, não impediu a estreia na maior competição de base do país. Como dissemos acima, o Forte Rio Bananal perdeu a final do Capixaba Sub-20 por problemas no transporte, que fez com que o time tivesse um grande atraso e perdesse a taça por WO. Mesmo assim, o time garantiu a vaga na Copinha onde terá um confronto contra o Flamengo como prêmio (sem ironia). O elenco deve fazer da decepção, força para a competição, onde terá alguns jogadores do elenco profissional como o goleiro Huendry e os meias João Pedro e Breninho.

📅 05/01 | 21h45 – Flamengo – SporTV /// 08/01 | 16h45 – Oeste /// 11/01 | 19h30 – Floresta

Anúncios

O Ibrachina Futebol Clube é parte do instituto sociocultural de mesmo nome, que foi fundado em 2018, para promover a integração entre culturas e povos do Brasil e China. Em 2021, o clube disputou os torneios estaduais de base de São Paulo e terá a própria Ibrachina Arena, no bairro da Mooca, como sede para a primeira Copinha. O projeto do futebol tem parceria com o Orlando City. Nessa primeira oportunidade, o time terá vários jogadores com passagem por São Paulo, Corinthias e Palmeiras.

📅 05/01 | 13h – Inter de Limeira /// 08/01 | 13h – Serranense /// 11/01 | 15h15 – Náutico

Anúncios

Uma das quartas de final do Mineiro Sub-20 foi entre Serranense e Coimbra. Quem vencesse, garantiria a inédita vaga na Copinha 2022. Deu Canário! Garantido como vice-líder da chave que tinha o Cruzeiro, o clube tinha o forte ataque do Coimbra para parar. A decisão da vaga foi nas penalidades, com o goleiro Paulinho sendo o herói, com três defesas na disputa, garantindo a chance de debutar na Copinha. O time foi eliminado pelo América e continuou a preparação disputando amistosos e torneios, como a Supercopa Ouro de Escolas de Futebol, em outubro.

📅 05/01 | 15h15 – Náutico /// 08/01 | 13h – Ibrachina /// 11/01 | 13h – Inter de Limeira

Anúncios

About the author

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: