Guia do Paranaense Feminino 2021

Anúncios

A arbitragem está quase iniciando a primeira partida do campeonato e a Revista Série Z traz, pela primeira vez, um Guia do Campeonato Paranaense Feminino. Em crise nos últimos anos, com poucos clubes na disputa, muito pelas novas exigências que a modalidade sofreu recentemente, além da inatividade de clubes como Novo Mundo e, principalmente, o Foz Cataratas, a competição tem um clube a mais que a edição anterior, mas que foi disputada neste ano, com dois jogos entre Athletico e Imperial, com vitória do Furacão.

Para a edição 2021, os clubes se enfrentam em turno e returno, com o maior pontuador sendo campeão. Em caso de empate na liderança, os dois clubes disputam uma partida extra para definir a taça.

Ao contrário das outras edições, o certame, dessa vez, dará vaga para a terceira divisão nacional, o novo campeonato da CBF. O Athletico, muito favorito ao bicampeonato, não disputa essa vaga, pois tem garantia de estar na Série A2 2022. Toledo e Imperial, que vêm com times muito jovens e recente participação em torneios nacionais de base lutarão por essa vaga, pois o título é bem difícil de ser conquistado.

Athletico

Favoritaço! As Gúrias do Furacão carregam a obrigação de vencer o Paranaense Feminino. Dá até para cobrar mais: vencer todas as partidas. A frustração com o quase acesso à elite nacional – que acabou se amenizando com o título do Red Bull Bragantino, que eliminou o time – foi visto como apenas um adiamento da chegada onde se pretende. Tanto que praticamente todo elenco se mantém, com destaque para Joyce, única jogadora escolhida para a seleção da Série A2 além das finalistas. Além disso, Rosana terá apenas o desfalque de Lelê, que foi emprestada para o “algoz” Red Bull Bragantino, para a disputa do Paulista. Do elenco que permanece, vale destacar nomes como as zagueiras Nayara e Paloma, a lateral-direita Bruna e as atacantes Kim Campos e Milena Monteiro. Tudo será estranho se ao final das seis rodadas, o Furacão não ser o campeão paranaense pela segunda vez seguida.

Imperial

A história do Imperial no futebol feminino começou há sete anos, com foco nas categorias de base. Rosângela Bartolaz foi a principal responsável por estruturar, sendo treinadora, mas chamou tanta atenção que atualmente é supervisora da seleção brasileira feminina sub-20. Para o seu lugar, assumiu Leandro Chibior, que foi “emprestado” ao Athletico para a disputa do Brasileiro Feminino Sub-18, mas voltou agora, assim como todo elenco do Tricolor do Mossunguê, que vestiu a camisa rubro-negra na campanha com apenas dois empates em seis jogos. No clube, houve uma frustração por não conseguir a vaga na Série A2 após perder o título estadual para o Athletico. Agora, o time não quer perder a chance de se garantir na Série A3 e, sabe que para isso, precisa estar focado para o confronto direto com o Toledo. Não

Toledo

Na raça e vencendo as dificuldades, o Ouro Verde Futebol Feminino é o projeto que mais trabalha pela modalidade no Paraná. Desde novembro de 2016, o clube tem parceria com o Toledo (e/ou com o Coritiba) para poder usar as jogadoras do projeto na categoria profissional. Desde então, foram três participações na Série A2 (2018 a 2020) e uma no Brasileiro Sub-18 2020 (como Toledo/Coritiba). O Paranaense Feminino será a primeira experiência na categoria nessa temporada, mas o time que será utilizado se conhece bem, pois será a mesma base do Nacional Sub-18, quando venceu dois dos seis jogos do grupo. Jogadoras como a meia Lays (18) e as atacantes Mayara Fraga (18) e Emily (16) que estiveram nessa disputa continuam no elenco. A ideia de ser um time jovem permanece até nas contratações, como a volante Giovanna Rodrigues, 17 anos, que foi formada no Foz Cataratas.


Tabela do campeonato

Imperial x Athletico | 19/09 (domingo), às 15h30

Toledo x Imperial | 26/09 (domingo), às 15h30

Athletico x Toledo | 03/10 (domingo), às 15h30

Athletico x Imperial | 10/10 (domingo), 15h30

Imperial x Toledo | 17/10 (domingo), 15h30

Toledo x Athletico | 24/10 (domingo), 15h30

About the author

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: