Austin FC, o debutante da MLS 2021

Anúncios
Anúncios

Quando se fala em esporte profissional no Texas, as cidades que mais vêm a cabeça são Dallas e Houston, com franquias em mais de um esporte popular americano, e, também, San Antonio, com o time de basquete na NBA. Sendo assim, Austin vivia a margem das três maiores cidades do estado, sendo que é a quarta mais populosa.

A criação do Austin FC no fim de 2018 coloca a cidade neste meio, sendo que aumentará os dérbis locais, que contam com os tradicionais Dallas FC e Houston Dynamo na disputa. O clube, vale frisar, não tem ligações jurídicas com o extinto Austin Aztex e o ativo Austin Bold, que disputa o segundo escalão estadunidense. Claro que a base de fãs será aproveitada, mesmo com as restrições devido a pandemia.

O início da história do clube foi conturbado, pois originalmente, a ideia era que o Columbus Crew deixasse Ohio para rumar ao Texas, além de ser alvo de críticas por ter “furado a fila” de outras cidades que buscavam ser um time de expansão da liga. Essa proposta era de Anthony Precourt, então dono do Crew, mas que foi rechaçada pelos torcedores locais. O tempo passou e os direitos da equipe foram adquiridos por Jimmy Haslam, dono do Cleveland Browns (franquia da NFL), Dee Haslam e Pete Edwards. Um dos coproprietários do debutante é o ator Matthew McConaughey, nascido na cidade, que venceu o Oscar de Melhor Ator em 2014 pelo filme Dallas Buyers Club.

Nas redes sociais, o ator Matthew McConaughey sempre posta algo sobre o clube do coração

Feita toda a parte mais burocrática, as tratativas para cuidar do futebol começaram ainda em 2019, com a contratação de Josh Wolff, ex-jogador da liga, que tem experiências apenas como auxiliar técnico. Em novembro do mesmo ano, Claudio Reyna, histórico jogador americano, deixou o New York City para assumir o cargo de diretor esportivo da equipe.

A primeira contratação foi feita em agosto de 2020, o paraguaio Cecílio Domínguez, ponta-esquerda do Independiente, que chegou como jogador designado. Em dezembro de 2020, o elenco começou a ganhar corpo com o draft de expansão, trade ou livres, com destaque para nomes como o meia finlandês Alexander Ring, que sonha disputar a Euro 2020; o lateral-esquerdo Ben Sweat (Inter Miami) e o meia Héctor Jiménez (Columbus Crew).

Rodney Redes e Cecilio Dominguez estavam no Guarani (o segundo emprestado) e chegaram ao clube texano

Os jogadores que vieram por meio de transferência foram o defensor colombiano Jhohan Romaña (Guaraní-PAR), o meia argentino Tomás Pochettino (Talleres) e o lateral esloveno Žan Kolmanič (Maribor).

Tomás Pochettino, também, é jogador designado

A expectativa do time é aprender na primeira temporada. Não dá para esperar um impacto inicial como Atlanta United e Los Angeles FC tiveram. A ansiedade, também, ficará pela inauguração da arena Q2 Stadium, em junho de 2021, com a possibilidade de público presente. Até lá, o time jogará apenas fora de casa. O Austin FC é a 27ª franquia da Major League Soccer, mas nas próximas temporadas terá a companhia de novos clubes, como o Charlotte FC (2022), o St. Louis City SC (2023) e Sacramento Republic (indefinido).

Anúncios

About the author

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: