Eu tive um sonho: o Barretos na Série B 2005

Anúncios

Quais boas memórias você lembra da sua infância? Qual fantasia que criou na cabeça e conseguiu realizar anos depois? Pode ser algo pequenininho, não tem problema. Não me lembro com exatidão, mas lá por 2004, a Rede Vida pegou na TV da casa da minha avó e tia. No dia que isso aconteceu, não pensei duas vezes em pedir para pousar por lá mesmo, para acordar no outro dia e ver a transmissão, que não me lembro qual foi…

Fiquei tão vidrado nos jogos, que anotava escalação, material esportivo do uniforme e tentava desenhar o escudo para não esquecer. Era um tempo sem internet em casa. Certa vez, dormi (ora, ora) e sonhei em estar folheando as páginas do Guia do Brasileirão da Revista Placar – em 2004, “comprei” meu primeiro da coleção que mantenho até hoje. Eis que de repente, passando pelas páginas da Anapolina, Avaí e afins, o meu sonho produz uma imagem que não esqueço: o Barretos estava listado como clube da Série B e tinha duas páginas para contar como a equipe vinha para a disputa. Não lembro da reação quando acordei, mas esse é o sonho que mais perdura na minha memória.

Capa da edição 2005

Cresci, fiz Jornalismo, conheci a diagramação, criei uma revista, produzi guias e transformei um sonho em “realidade”: ter o Barretos no Guia do Brasileirão da Placar 2005.

Foram praticamente seis meses de trabalho para ter o número máximo de informações sobre o elenco, situação da equipe na época (uniforme, presidente, patrocínio e afins), o escudo usado, até chegar no esquema tático. Sem contar, o trabalho para fazer uma diagramação mais próxima do igual ao Guia Placar do Brasileirão 2005, com muita régua sendo utilizada para delimitar corretamente todos os milímetros e fontes usadas.

Página da Anapolina para comparar com a feita por nós para o Barretos (Foto: Felipe Augusto/Revista Série Z)

Por se tratar de algo de 15 anos atrás, tive dificuldades. A pesquisa começou por sites de história do futebol, como oGol.com, RSSSF, blog História do Futebol, blog Jogos Perdidos e afins. Não foi suficiente, então entrei em contato com a assessoria de imprensa do Barretos Esporte Clube para buscar algum acervo ou pesquisador. Me recomendaram então, o jornalista barretense Patrício Augusto, que na época escrevia para o Jornal de Barretos, e que me passou a maior parte de informações que me faltava, como o histórico de treinadores no ano. Outro que ajudou na finalização do trabalho foi o João Ricardo, último treinador da equipe no Campeonato Paulista Série A-3 2005, que atualmente é comerciante, dono de um depósito de bebidas, que deu detalhes sobre esquema tático e mais alguns nomes do elenco. Todo esse trabalho resultou nesse encarte especial.

Anúncios

um comentário

  1. Que sensacional, esses guias da Placar nessa época são excelentes, talvez os melhores. Sou colecionador tenho todas as edições de 1991.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: