Como foi o desempenho dos debutantes na Copinha 2020?

Se em 2019, a Copa São Paulo teve 13 clubes estreantes, a edição 2020 teve um número maior: dezoito. Com direito a cinco confrontos na primeira fase e um grupo com três debutantes. Dimensão Capela (AL), Canaã, Jacuipense (BA), Atlético Cearense (CE), Timon EC (MA), Nova Andradina (MS), Tupi (MG), Confiança, Perilima (PB), Petrolina, Retrô (PE), Operário (PR), Resende (RJ), Vilhenense (RO), Assisense, Mauá (SP), Olímpico e Socorro (SE) foram os estreantes na divisão.

Na primeira fase, apenas quatro avançaram de fase: Timon, Tupi, Atlético Cearense e Operário. O Tupi ficou a frente do Bahia no grupo 13 e o Operário conquistou um empate com o São Paulo, que quase o complicou na 29ª chave.

(Foto: José Tramontin/Operário FEC)

As outras 14 agremiações ficaram entre a quase qualificação e o saco de pancadas. Jacuipense (67°) e Mauá (76°) fizeram quatro pontos, com destaque para o clube baiano que empatou em um gol com o Vasco. Resende (80°) e Assisense (85°) venceram uma partida e terminaram com três pontos. Perilima (102°), Retrô (107°), Vilhenense (108°), Socorro (110°) e Dimensão Capela (111°) empataram uma partida na fase de grupos. Canaã (112°), Nova Andradina (116°), Petrolina (117°), Confiança (119°) e Olímpico (126°) não pontuaram, sendo que o sergipano fez dois gols, mas tomou 14 gols, terminando como penúltimo clube na classificação geral.

Dois grupos contaram com dois debutantes. No grupo 3, o Assisense goleou o Dimensão Capela, por 5 a 0. Socorro e Vilhenense, no grupo 15, se enfrentaram na última rodada quando não tinham chances de classificação e ficaram no empate por um gol.

Mauá foi sede do grupo 26, o que deu vaga para o Mauá Futebol Clube estrear em uma Copa São Paulo. Com isso, abriu-se a possibilidade para que outras dois debutantes estiveram no grupo, com a presença do Atlético Cearense e Nova Andradina.

Na primeira rodada, Mauá e Atlético se enfrentaram, com vitória de 3 a 1 para os cearenses. Na rodada seguinte, foi a vez do anfitrião vencer o CENA pelo placar mínimo. Na última partida, foi a vez do Atlético Cearense encarar a equipe do Mato Grosso do Sul e golear por 5 a 0. O Atlético Cearense avançou junto com o Avaí.

Os classificados da primeira fase

Dos quatro clubes que conseguiram chegar à segunda fase, Timon, Atlético Cearense e Operário não conseguiram avançar.

O Timon teve Santos, Marília e Olímpico na primeira fase, com duas vitórias e uma derrota (Santos 4×1). A equipe fez 1 a 0 no Marília e goleou o Olímpico, como citado anteriormente. No mata-mata, a equipe abriu o placar contra o Londrina, mas tomou a virada no segundo tempo e perdeu por 2 a 1.

No dia seguinte, a eliminação dos maranhenses, foi a vez de Atlético Cearense e Operário serem eliminados. Os nordestinos ficaram apenas atrás do Avaí para quem perderam por 3 a 1 e na segunda fase foram eliminados pelo Água Santa ao perderem por 2 a 0. Os paranaenses por pouco não passaram à terceira fase. No grupo 29, o time ficou empatado em cinco pontos com o São Paulo e EC São Bernardo, mas passou pelo saldo de gols. Destaque para o empate com o Tricolor Paulista em 0 a 0. Na segunda fase, o time abriu o placar contra o Santa Cruz, mas tomou o empate e na decisão por pênaltis, acabou eliminado.

A melhor campanha dos debutantes da Copinha 2020 foi do Tupi, que na primeira fase ficou a frente do Bahia no grupo 13, equipe que empatou na estreia por 1 a 1 e contou com a derrota do time para o Primavera para ficar em primeiro lugar. Na segunda fase, o Gama foi o adversário e o jogo terminou empatado no tempo regulamentar, mas venceu nas penalidades, por 6 a 5. O jogo que acabou eliminado a equipe de Juiz de Fora foi o Athletico, quando perdeu por virada, por 2 a 1.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: