Onde jogam os estudantes-atletas brasileiros do Futebol Masculino da Universíade 2019?

Ligar o futebol masculino ao esporte universitário no Brasil é algo bem desconexo, mas que existe. No contexto que o esporte alcançou, a grande maioria dos atletas profissionais nem pensam em cursar o nível superior, ainda mais pelo salário fora da curva que se dá em relação a média nacional – aqui não consideramos a desigualdade dentro do meio. Mesmo assim, o futebol universitário conta com adeptos, mas que se dividem entre o sonho de uma carreira estável no futebol e a certeza que a universidade pode ser uma aliada durante toda vida.

A seleção universitária de futebol masculino conta com uma base formada por jogadores do Jaraguá Esporte Clube, da segunda divisão goiana. São sete jogadores e o treinador Ariel Mamede que servem a seleção em parceria fechada com a Confederação Brasileira de Desportos Universitários (CBDU) em junho desse ano. A estrutura foi utilizada para preparação à Universíade Napoli 2019. Dos 20 estudantes-atletas convocados, apenas dois não participaram firmaram contratos profissionais em 2019, segundo a nossa pesquisa. A seleção nunca chegou à final do torneio. As melhores participações foram em 1999 e 2011 quando conquistou a medalha de bronze. É um claro reflexo da falta de ligação entre universidade e futebol, o contrário, por exemplo, do Japão, que tem seis medalhas de ouro na modalidade. Confira a lista de convocados e onde jogam, sendo 17 estudantes-atletas da Universo-GO, que foi quarta colocada no JUBs Futebol 2019.

Goleiros

Gabriel (esquerda) e Matheus Kayser são os goleiros da seleção (Foto: Thiago Parmalat/CBDU)

Gabriel Luis (21 anos, Universo-GO): CEOV Operário

Esteve na campanha do vice-campeonato Mato-Grossense e junto com Ariel Mamede, na primeira experiência do treinador em uma equipe profissional

Matheus Kayser (24 anos, Universo-GO): Jaraguá

Fez sete partidas pelo Grêmio Anápolis no primeiro semestre antes de se transferir

Zagueiros

Matheus Barbosa (19 anos, Universo-GO): Vila Nova

Matheus é o mais jovem do elenco convocado. É uma promessa do clube goiano e disputou três partidas da Copa São Paulo de juniores, onde fez um gol

Ramon (23 anos, Universo-GO): Jaraguá

Teve a primeira experiência fora de Goiás, para defender o paulista Primavera, antes de voltar a terra natal

Thiago Pina (20 anos, Anhanguera-GO): Jaraguá

Mais um do clube-base da seleção universitária

Victor Melo (24 anos, Universo-GO): Jaraguá

Um dos mais experientes do elenco, esteve no começo do ano no Patrocinense e Uberaba

Laterais

Caio (23 anos, Universo-GO): Jaraguá

No primeiro semestre passou por Novo Horizonte (GO) e Votuporanguense, antes de acertar com o Jaraguá, da segunda divisão goiana

Igor Milioransa (22 anos, UNIP-SP): Osasco Audax

Fez cinco partidas na campanha do título do Paulista Série A-3

João Guilherme (24 anos, Universo-GO): sem clube

Em 2018, estava no Raça, da terceira divisão goiana

Wanderson Lima (24 anos, Universo-GO): Jaraguá

No primeiro semestre, defendeu o Taubaté em nove jogos do Paulista Série A-2

Meias

Léo Teles (23 anos, Universo-GO): Toledo

Léo Teles participou da histórica campanha do Toledo no Paranaense 2019 (Foto: Thiago Parmalat/CBDU)

Emprestado pelo Goiás, o lateral-direito fez parte do vice-campeonato paranaense, onde entrou por seis minutos agregados da finalíssima

Madson (23 anos, Universo-GO): Goiânia

Passagem curtíssima pelo alvinegro durante o Goiano 2019

Caetano (22 anos, Universo-GO): Aparecidense

Chegou a jogar uma partida da Série D, onde foram eliminados na primeira fase

João Pedro (20 anos, Universo-GO): Vila Nova

Tem sete partidas como profissional do alvirrubro goianiense, mas seu nome não consta no elenco profissional da equipe, atualmente

Léo Gharib (23 anos, Universo-GO): CEOV Operário

Mais um do clube mato-grossense. Fez seis partidas no Estadual, incluindo a final do Mato-Grossense

Nerópolis (24 anos, Universo-GO): sem clube

No esporte universitário, ele é Lucas dos Santos. O último registro que encontramos dele é de 2017 quando defendeu o Vilhena

Dudu Pacheco (22 anos, Universo-GO): Jaraguá

No primeiro semestre estava no Votuporanguense e acertou com o Jaraguá para se juntar a Mamede e o grupo que disputa o Goiano Segunda Divisão

Atacantes

Alex Alcântara (24 anos, Universo-GO): CEOV Operário

Passou por duas equipes no primeiro semestre: Rio Branco (AC) e CEOV, onde fez um gol pelo primeiro citado

Wilker (21 anos, UPIS-DF): Ceilândia

Fez nove partidas no Candangão, com um gol marcado

Rafael (21 anos, Universo-GO): Goiás

É formado no clube esmeraldino, onde ainda não estreou profissionalmente, e passou pela Aparecidense no começo da temporada

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close