Ferroviário: mudança de planos | #AscendentesSérieC

Campeão da Série D 2018, o Tubarão esperava se firmar entre os três melhores do estado de maneira natural, após a volta à elite, ótima campanha na Copa do Brasil, que financeiramente impulsionou a montagem do elenco forte para a disputa da quarta divisão. O Ferroviário apontava como um “Operário versão 2019”, mas as coisas mudaram.

O primeiro quadrimestre

Decepcionante! Para o padrão que atingiu, a campanha no Cearense foi bem aquém do esperado. De início, se esperava o “título” da primeira fase para garantir o retorno à Copa do Brasil, mas não deu. Na etapa seguinte, a equipe começou bem, mas ficou fora da semifinal que era algo totalmente plausível, mas decepcionou, com direito a goleada por 6 a 2 na última rodada para os reservas do Ceará.

Perspectiva e expectativa

A equipe passou por uma reformulação após a eliminação precoce. O volante Leanderson, capitão do time, logo após a saída do Cearense deixou claro que o primeiro objetivo era a permanência, mas citando que a mudança no elenco poderia mudar esse status. Dentro do grupo A, dá para dizer que há mais clubes em melhor fase do que em pior fase em relação ao Tubarão. Saíram onze jogadores (até o fechamento desse texto), dentre eles, o meia Enercino (acertou com o Botafogo-PB), o volante Robson Simplício e o atacante Siloé. A equipe não quer perder Edson Cariús, alvo de especulações desde o início do ano. Mesmo com a campanha abaixo do esperado, a diretoria confia no trabalho de Marcelo Vilar, que permaneceu e sabe as carências da equipe. Esquerdinha, Túlio e Valdeci, campeões da Série D 2018, retornam após um hiato. Entre os novos jogadores, destaque para o lateral Osvaldir (Novo Hamburgo), o jovem atacante James Dean (emprestado pelo Sport) e, principalmente, para Léo Jaime, com foi trazido com ajuda dos sócios do clube após uma campanha de adesão.

Time-base

(4-4-2) Remerson; Lucas Mendes, Da Silva, André Lima, Michael; Mazinho, Leanderson, Janeudo, Jean; James Dean e Edson Cariús

Craque

Edson Cariús | 30 anos | Atacante | Último clube: Floresta – 2018

Encontro com os ascendentes

  • Treze | Casa| Domingo, 09/06, 16h
  • Imperatriz | Casa | Sábado, 15/06, 16h
  • Treze | Fora | 10-11/08
  • Imperatriz | Fora | 17-18/08

História na Série C

Será a 14ª participação do Tubarão na divisão, mas a primeira no atual formato. Disputou em 1988, 1992, 1993 (seletiva à Série B 1994), de 1995 a 1998 e de 2001 a 2006. A melhor colocação foi na última passagem, quando ficou a quatro pontos do acesso à Série B.

Anúncios

Um comentário em “Ferroviário: mudança de planos | #AscendentesSérieC

  1. Felipe Luchiari Velber 29 abr 2019 — 14:30

    Dos times do grupo A é o que eu mais torço para subir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close