Operário: a temporada “vai” começar – #AscendentesSérieC

Campeão da Série D 2017, o Fantasma teve uma temporada inusitada no ano passado, com a disputa da segunda divisão paranaense  e a quarta divisão nacional. No Paranaense Divisão de Acesso, a decepção, e na Série D, a salvação. Neste ano, a campanha para voltar a elite estadual é quase perfeita, mas o teste agora é outro…

O primeiro trimestre

Entre os ascendentes, o Operário foi quem começou mais tarde a disputar jogos, pois está na Divisão de Acesso, mas a campanha é bem tranquila (até então). Na primeira fase, a equipe venceu oito dos nove jogos (teve um empate) e na etapa seguinte, desponta como líder da chave para voltar à primeira divisão, para enfim demonstrar que o descenso em 2016 foi um erro de percurso, mas que coisas boas dali viriam.

Perspectiva e expectativa

O nível do Paranaense Divisão de Acesso é “complexo”, pois desde o início se consegue perceber quem são os favoritos e quem luta para não cair. Há uma clara diferença entre o Operário e as outras equipes. O lado positivo é que o alvinegro vem tendo uma campanha tranquila, mas por outro aspecto, não houve um teste a altura de uma Série C. Entre os dois pontos, é melhor uma campanha quase perfeita do que irregular. Para a temporada, a base da equipe campeã nacional foi mantida, com destaque para o goleiro Simão, o lateral Danilo Báia, os zagueiros Sosa e Peixoto, os volantes Chicão e Serginho Paulista, os meias Athos e Robinho e o ataque com Schumacher, Chicão e Lucas Batatinha. O primeiro objetivo é se manter, mas a ambição de conseguir ficar na parte de cima não pode ser negada.

Time-base

Simão; Danilo Báia, Alisson, Sosa e Peixoto; Chicão, Índio, Robinho (Athos); Cleyton (Quirino), Lucas Batatinha e Schumacher. Técnico: Gerson Gusmão

Craque

Chicão | 32 anos – Volante | Brasil de Pelotas – 2014

História na Série C

Entre os ascendentes, o Fantasma é o único com participações nas quatro divisões brasileiras. Na Série C, o clube tem duas participações: sexto lugar em 1992 e décimo em 1993. O Operário não enfrentou nenhuma equipe do grupo B (ou A) nas disputas anteriores. O clube tem uma participação na Série A (1979), quatro na Série B (1980, 1989, 1990 e 1991) e quatro na Série D (2010, 2011, 2015 e 2017).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close