Girona: pés no chão, mas querendo voar – #DebutantesEuropa

Historicamente, o Girona, clube da Catalunha, tem 44 participações na quarta divisão espanhola, um número maior que se juntada às vezes que a equipe participou da segunda, terceira e quinta divisão. Após bater na trave em três oportunidades nos últimos nove anos, a torcida pôde comemorar o histórico acesso a La Liga.

Base mantida, bons reforços e o parceiro milionário

Depois de tanto bater na trave, o Girona teve que se planejar para fazer um bom papel no debute. A grande novidade é a confirmação oficial da parceria com o Manchester City, que pode comprar parte do clube, para se juntar aos grupos de equipes que gere pelo mundo. Se a preocupação era ter um time de refugos do City quando anunciado, isso foi acalmado com os reforços anunciados.

Do Manchester City, cinco jogadores jovens foram emprestados: Pablo Maffeo (estava na equipe na última temporada), o volante Douglas (ex-Vasco, que deve começar como titular), o meia Aleix Garcia e os atacantes Marlos Moreno e Kayode Olarenwaju (artilheiro do último austríaco, pelo Austria Viena, com 17 gols). Jogadores que devem agregar bem a equipe treinada por Pablo Machín desde 2014.

O aporte financeiro possibilitou contratações que enchem de confiança, a torcida gironista. Para o gol, o experiente Gorka Iraizoz, ex-Athletic Bilbao, foi anunciado; para a defesa chegaram Bernardo Espinosa (Middlesbrough), Marc Muniesa (Stoke City) e Carles Planas (Celta de Vigo) e no ataque, o experiente uruguaio Christian Stuani é a aposta. Bons nomes, com pouco gasto, sendo que apenas o colombiano Espinosa teve que ser pago.

A base da temporada passada foi mantida, com destaque para os “três capitães”: os meias Eloi Amagat, Álex Grannel e Pere Pons, além de Christian Portu. As saídas mais sentidas foram: o artilheiro Samuele Longo (não teve empréstimo renovado junto a Internazionale, mas ainda há chance de voltar, após uma possível rescisão de contrato), o meia Fran Sandaza (emprestado ao Al-Ahli, do Catar) e o atacante Christian Herrera (Lugo).

O Girona parece pronto para vencer as barreiras da dificuldade de ser um ascendente e ficar na primeira divisão. Como dissemos: pés no chão, mas querendo voar, mesmo que não seja para tão longe, mas para frente.

O craque

Gorka Iraizoz | 36 anos, goleiro

Em um time que mescla juventude, experiência e base da temporada anterior, Iraizoz é sem dúvidas, o mais conhecido. Ídolo no Athetic Bilbao, o arqueiro diminuiu o número de jogos na temporada passada e vê no Girona, um desafio para o final da carreira. Terá muito o que ensinar aos jogadores do alvirrubro catalão.

Estádio

Montilivi (13.500 pessoas)

Curtir

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s