Nos pênaltis, Botev Plovdiv vence o Ludogorets e conquista a Supercopa da Bulgária 2017

A Supercopa da Bulgária foi primeira competição com apenas um jogo que a Revista Série Z fez um guia. A disputa foi realizada nesta tarde (horário de Brasília), no Lazar Stadium, em Burgas, entre o Ludogorets Razgrad, atual campeão nacional, e o Botev Plovdiv, detentor da Copa da Bulgária.

Em campo, muitos brasileiros! No Ludogorets, Cicinho, Natanael, Wanderson e Marcelinho (naturalizado búlgaro), enquanto Fernando Viana e Felipe Brisola estavam do outro lado. Porém, o banco de reservas tinha mais seis brasileiros, com João Paulo, Juninho (Ludogorets) e Álvaro (Botev) entrando nas equipes na etapa final.

No tempo regulamentar, a partida ficou no empate. Todor Nedelev fez para o Botev, em bela cobrança de falta, ainda no primeiro tempo e Wanderson, no começo da etapa final, empatou. A partida foi para as penalidades com o placar.

Das dez cobranças, apenas um erro. Marcelinho bateu o primeiro e errou. Depois, apenas acertos. Wanderson, Natanael, Anicet e Moti fizeram para o alviverde, mas Baltanov, Fernando Viana, Genev, Felipe Brisola e Plamen Dimov fizeram para o Botev, para garantir o título.

Foi a primeira conquista do Botev, que agora terá na sala de troféus, as três taças nacionais (campeonato, copa e supercopa). Foi uma “vingança”, pois em 2014, as equipes se enfrentaram e o título ficou em Razgrad, que agora, tem três vices em cinco disputas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s