Sandecja Nowy Sacz: da arrancada para a permanência – #DebutantesEuropa

Fundado em 1910, o Sandecja Nowy Sacz é um clube de terceira divisão polonesa, por ser o escalão que mais disputou na história. Em 2009, a equipe subiu pela terceira vez à I Liga, o segundo nível polaco, por lá ficou, com campanhas irregulares, até que na temporada passada, o clube teve uma arrancada fenomenal para conquistar o acesso e título.

Para permanecer, a receita é dizer que 2016/17 não acabou

Na 25ª rodada da segunda divisão da época passada, o Sandecja ocupava o 4° lugar, mas com uma vitória e uma combinação de resultados, a equipe pulou para a liderança. Durante as nove rodadas finais, a equipe não largou a posição e em um arranque na hora certa, a equipe conquistou a inédita taça e subida, em um campeonato que teve uma diferença de apenas cinco pontos entre o líder e o quinto colocado.

Para fazer uma boa Ekstraklasa, a ideia é fazer com que a primeira rodada da primeira divisão seja a rodada seguinte da última partida na I Liga, para engatar uma boa sequência e fazer o máximo de pontos possíveis para não sofrer em uma possível “ronda de descenso”. Tanto, que para debutar na elite, a equipe mudou pouco, com quatro saídas e cinco entradas. Os reforços são os zagueiros Jonatan Straus (Jagiellonia Bialystok) e o búlgaro Plamen Krachunov (Ethnikos Achnas-Chipre); o lateral Tomasz Brzyski (Cracovia); o meio-campo Mateusz Cetnarski (Cracovia) e o atacante búlgaro Aleksandar Kolev (Stal Mielec).

Situado no Pequena Polônia, sul do país, a equipe é da mesma região de Cracovia, onde há duas equipes tradicionais, Wisla Krakow e Cracovia. Será uma oportunidade que a terceira maior cidade da província terá para enfrentar o time da “cidade grande”, além do encontro alternativo com o Termalica Nieciecza, da mesma região, e de uma vila com cerca de 800 habitantes, o que deve criar uma “rivalidade”, pois os dois irão dividir o mesmo estádio, pois os próprios não têm capacidade mínima.

O craque

Maciej Malkowski | meia-atacante, 32 anos

Artilheiro da equipe na campanha de acesso, com nove gols (12 na temporada), Maciej se destacou pela bola parada, tendo feito seis gols de pênalti na I Liga. No elenco, ele foi o sétimo com mais minutos na disputa. Regista, o meia será peça-chave na disputa.

O estádio

Wladyslaw Augustynek Stadium (2.850 pessoas), mas terá que atuar no Termaliki Bruk-Bet (4.595 pessoas), por exigências da liga

Curtir

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s