O que tem por vir na continuação do Paranaense da Divisão de Acesso 2017?

É meio maluco, mas na Divisão de Acesso do Paraná, dos dois grupos da segunda fase, um já terminou e o outro irá começar. Isso não era programado, mas antes do início da etapa, uma suposta escalação irregular do zagueiro do Lucas Marcato, da Portuguesa Londrinense, foi veiculada, analisada e julgada, o que acabou paralisando o grupo A da disputa. A Lusa foi absolvida em todas as instâncias e finalmente, a chave terá início, junto com Operário, União Beltrão e Iraty. Vamos fazer um guia de alguns pontos do que está em disputa na competição.

A DEFINIÇÃO NO GRUPO B

Se não tivéssemos, o “Caso Lucas Marcato”, possivelmente, teríamos a definição dos dois finalistas da divisão e, consequentemente, os ascendentes à primeira divisão de 2018 (levando em conta que a definição fosse antecipada, pois, possivelmente, a última rodada do grupo A seria, hoje, por algo que ainda vamos explicar), mas ocorreu o fator extracampo, que fez com que em um final de semana, o grupo B terminasse e três dias depois, ocorresse o início da chave A.

No grupo B, Maringá e Paranavaí, favoritos da chave, confirmaram isso dentro de campo, com a disputa da vaga na elite sendo deixada para a última rodada. No último domingo, o Paranavaí dependia das próprias forças para subir, bastava vencer, fora de casa, o Cascavel CR. O Maringá precisava vencer o Andraus, em Campo Largo, e torcer por um empate no outro confronto. O Maringá goleou (4 a 0) e o Paranavaí perdeu (2 a 1), com isso a equipe maringaense bateu e voltou à primeira divisão.

Agora, o Maringá terá que esperar um mês e meio para a disputa da final. Não há informações se jogadores da equipe tem algum acordo com outras equipes para o segundo semestre. A equipe irá disputar a Taça FPF Sub-23, mas boa parte do elenco tem idade acima. O objetivo maior foi alcançado: o acesso.

COMO ESTÃO AS EQUIPES DO GRUPO A

O grupo A tem como grande favorito, o Operário que foi o melhor time da primeira fase. O que pode prejudicar é a simultaneidade de disputar o acesso estadual e a Série D, o que fará com que a equipe tenha, ao menos, quatro partidas no meio de semana (Divisão de Acesso) e outras quatro no fim de semana (Série D). Caso passe de fase no Nacional, o clube deve completar a segunda fase estadual junto com o primeiro mata-mata da Série D. Bem confuso! O planejamento do Fantasma foi prejudicado, já que caso tivesse seguido o calendário previsto, a equipe estaria livre da disputa estadual nas duas últimas rodadas da quarta divisão brasileira.

Dessa forma, os jogos que envolvem o Operário serão no meio de semana e o restante nos finais (ou segunda-feira). Por enquanto, apenas a primeira rodada foi homologada, com Operário x Portuguesa, nesta quinta-feira (1°), às 20h15 e Iraty x União, no domingo (4), às 15h30.

Apesar da liderança na fase classificatória, muitos concordam que a chave do Fantasma é mais difícil, pois União Beltrão e Iraty mostraram um nível bom para a disputa – ao contrário de Cascavel CR (mesmo tendo “eliminado” o Paranavaí) e Andraus no outro quadrangular. A Portuguesa Londrinense, classificada com um oitavo lugar, tem tudo para ser a lanterna do grupo, pois as equipes não puderam se reforçar para a esta etapa, norma que vale desde a sétima rodada da primeira fase. Porém, o Iraty sofreu com a paralisação, pois perdeu quatro jogadores, que tinham compromissos firmados com outras equipes para o segundo semestre. O União Beltrão manteve o time e terá na Divisão de Acesso, as últimas partidas do ano, pois não se inscreveu na Taça FPF Sub-23 (que vale vaga na Série D 2018), ao contrário da Portuguesa que disputará e com o elenco jovem que tem, deve aproveitar boa parte da equipe.

ONDE SERÁ A FINAL?

Segundo o regulamento da competição, a classificação da primeira fase é que será levada em conta para definição do mando da segunda partida da final. Dessa forma, caso o Operário seja o primeiro do grupo, a final contra o Maringá terá a primeira partida na casa do adversário e a segunda no Germano Krüger, em Ponta Grossa. O Maringá só faz a segunda partida da decisão em casa, caso União, Iraty ou Portuguesa Londrinense se classifique.

Relembre o nosso Guia da Divisão de Acesso

Guia da Série D 2017

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s