As 15 maiores goleadas da Série D

*Atualizado no dia 24 de junho de 2016, às 18 horas

Nove edições e muitas goleadas. A Série D nos proporciona placares elásticos! Entre todos campeonatos já realizados, apenas em 2009, a primeira quarta divisão, não tivemos um placar com cinco gols de diferença. Nas outras, em todas tivemos tal resultado. Quem se destaca no ranking são dois clubes acreanos, responsáveis pelas duas maiores goleadas da história da competição. Os times à esquerda são os vitoriosos!

1º – 9 x 1

1 Plácido de Castro x Vila Aurora (2011)

2º – 8 x 0

Atlético Acreano x Náutico-RR (2016)

3º – 7 x 1

River x Guarany de Sobral (2014)

4º – 6 x 0

Cianorte x Marília (2012) | Sampaio Corrêa x Santos-AP (2012) | Friburguense x Guarani-MG (2012) [sem vídeo] | Rio Branco-AC x São Raimundo-RR (2014) | Metropolitano x Boavista (2014) | São Raimundo-PA x Rio Branco-AC (2016) | CSA x Guarani de Juazeiro (2016)

 

11º – 6 x 1

Uberaba x Rio Branco-ES (2010) | Anapolina x Tocantinópolis (2011) | Sergipe 6 x 1 Juazeirense (2013) | Nacional 6 x 1 Náutico-RR (2013)

15º – 5 x 0

Guarany de Sobral x  Flamengo-PI (2010) | Sampaio Corrêa x CSA (2010) | Sampaio Corrêa x Trem (2011) | CSA x Feirense  (2012) | Maranhão x Gurupi (2013) | Central x Baraúnas (2014) | Londrina x Santos-AP (2014) | São Caetano x Lajeadense (2015) | Duque de Caxias x Villa Nova (2015) | Parnahyba x Guarani de Juazeiro (2016) | Globo x Galícia (2016) | Ceilândia x Comercial (2016) | Ituano x Metropolitano (2016) | Luziânia x Sete de Setembro (2017)  | Atlético Acreano x Real Ariquemes (2017)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s