Operário-PR é o 62º clube classificado para a Série D 2017

cabecalho-serie-d

Já se passaram nove dias do final da Série D 2016, que consagrou o Volta Redonda campeão, e também, CSA, São Bento e Moto Club que garantiram o acesso à Série C 2017. Antes mesmo das definições desta temporada, a próxima edição da quarta divisão se desenhava, chegando neste domingo (9), ao 62º clube classificado.

Dessa vez, o Operário, de Ponta Grossa, garantiu a vaga na divisão ao se sagrar campeão da Taça FPF, ao vencer por 1 a 0, dentro de casa, o Andraus (isso mesmo, o clube de Campo Largo era o outro postulante a vaga), no jogo de volta, realizado no Germano Krüger.

O título veio para salvar o ano do Fantasma. Campeão paranaense de 2015, o clube foi rebaixado na atual temporada, frustrando a torcida local. A equipe teve boa participação na Copa do Brasil, no qual o elenco teve que ser boa parte desfeito para que uma nova equipe fosse formada, pois a Taça FPF aceita apenas jogadores com até 23 anos. O título e a volta à Série D, da qual disputou em 2015 perdendo o acesso para o Remo, é a tentativa de demonstrar que o rebaixamento foi apenas um ponto fora da curva na organização.

A campanha da equipe foi tranquila. Na primeira fase, cinco vitórias, com direito a um 9 a 0 sobre a Portuguesa Londrinense, e um empate, o que garantiu a liderança e a vaga direta para a semifinal, onde passou pelo Foz, após um empate fora e a vitória dentro de casa. Na final, contra o surpreendente Andraus, a equipe empatou sem gols no Ecoestádio e pôde vibrar em casa, com a vitória pelo placar mínimo.

Restam agora, apenas seis vagas para a próxima edição, que a Série Z atualizará a cada final de semana decisivo. Confira quem são as equipes qualificadas para a Série D 2017, com destaque para as novas equipes (em negrito) e as vagas que restam com as equipes que têm chance de classificação (em itálico).

Rebaixados Série C 2016: América-RN, Portuguesa, River e Guaratinguetá

Acre: Atlético Acreano e Rio Branco

Amapá: Santos e Trem

Amazonas: [campeão e vice do Estadual 2016 – Fast Clube, Nacional, Princesa, São Raimundo, Manaus e Rio Negro]

Pará: São Raimundo e São Francisco

Rondônia: Rondoniense e Genus

Roraima: Baré e São Raimundo

Tocantins: Gurupi e Tocantins de Miracema

Gurupi se tornou o maior campeão estadual da era profissional (Foto: Reprodução/Portal Gilberto)
Gurupi se tornou o maior campeão estadual da era profissional (Foto: Reprodução/Portal Gilberto)

Alagoas: Murici e Coruripe

Bahia: Juazeirense, Galícia (a vaga do Galícia ainda gera dúvidas, mas aqui utilizamos o fato dos clubes via Estadual conseguirem vaga para a próxima edição. O Fluminense de Feira ficou na frente do clube no Baiano, mas já estava classificado para a “Quartona” via Copa do Governador. Assim, a dúvida fica. Entramos em contato com a Federação Baiana de Futebol por duas vezes para saber a posição oficial da entidade, que em nenhum momento respondeu as nossas solicitações) e [campeão da Copa do Governador 2016 – Atlântico, Atlético, Fluminense de Feira, Jacobina, Jacuipense, Pituaçu, Portela Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista]

Ceará: Uniclinic e Guarani de Juazeiro

Maranhão: Maranhão e Cordino

Paraíba: Campinense e Sousa

Pernambuco: América, Central e Serra Talhada

Piauí: Altos e Parnahyba

Rio Grande do Norte: Potiguar e Globo

Sergipe: Itabaiana e Sergipe

Distrito Federal: Ceilândia e Luziânia

Goiás: Anápolis, Aparecidense e Itumbiara

Mato Grosso: Sinop e Araguaia

Mato Grosso do Sul: Sete de Dourados e Comercial

Espírito Santo: Desportiva e [vencedor da Seletiva estadual, que terá Espírito Santo, Real Noroeste e os dois melhores da Copa ES, o Rio Branco e Atlético Itapemirim]

Minas Gerais: URT, Caldense e Villa Nova

Rio de Janeiro: Boavista, Bangu e [campeão ou vice da Copa Rio – Portuguesa, Itaboraí, Friburguense e Resende]

São Paulo: Osasco Audax, São Bernardo, Red Bull Brasil e [campeão ou vice da Copa Paulista – São Carlos, XV de Piracicaba, Penapolense, Água Santa, Ferroviária, Catanduvense, Votuporanguense, Nacional, Comercial, Rio Claro, Mirassol e São Caetano]

Red Bull Brasil entrou na Copa Paulista para ter a vaga na D 2017, mas a vaga caiu no colo com o acesso do São Bento (Foto: Reprodução/Futebol Interior)
Red Bull Brasil entrou na Copa Paulista para ter a vaga na D 2017, mas a vaga caiu no colo com o acesso do São Bento (Foto: Reprodução/Futebol Interior)

Paraná: J.Malucelli, PSTC e Operário

Rio Grande do Sul: São José, São Paulo e Novo Hamburgo

Santa Catarina: Inter de Lages, Metropolitano e Brusque

Anúncios

2 comentários em “Operário-PR é o 62º clube classificado para a Série D 2017

  1. Correção amigo o Operário e time de Ponta grossa ,região dos Campos Gerais não campo Largo .obrigado

    1. O Campo Largo ali se refere ao Andraus, clube dessa cidade!

Deixe uma resposta para Felipe Augusto Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close