[Leitor] Clubes que fazem falta ao futebol paulista

No dia 11 de março, o blog publicou uma lista com os clubes que fazem falta ao futebol paranaense. Junto a isso, nós convidamos os leitores para que mandassem a lista dos times que deixaram saudade em seus respectivos estados. Foi exatamente isso que fez o nosso leitor, Juliano Ravanelii, que nasceu e mora em Rafard, município de São Paulo. Confere a lista dele! Caso você seja de outro estado e queira fazer uma lista semelhante, entre em contato conosco, pelo seriezblog@outlook.com, que nós iremos analisar e publicar.

Associação Atlética Central Brasileira (Cotia)

Fundação: 15/12/1980

Extinta desde 1995

Campeã da Terceirona em 1988, a Central nunca chegou na elite estadual. Disputou por quatro temporadas a Segundona (90, 91, 92 e 93), mas ficou famosa por ter verdadeiros monstros sagrados do futebol brasileiro vestindo sua camisa no fim de carreira. Enéas (Portuguesa), Luís Pereira (Palmeiras) e Wladimir (Corinthians) jogaram na Central nos anos 90.

Associação Atlética Francana (Franca)

Fundação: 12/10/1912

Licenciada desde 2015.

Campeã da Divisão de Acesso em 1977. Disputou a Primeirona de 1978 até 1982. Em 1997, teve sua melhor participação em competições nacionais. Chegou ao quadrangular final da Série C. Perdeu o acesso em uma derrota por 3×1 para o Sampaio Corrêa na última rodada.

Esporte Clube Paraguaçuense (Paraguaçu Paulista)

Fundação: 28/11/1965

Licenciado desde 2007.

Campeão da Divisão de Acesso em 1992, mas infelizmente nunca chegou a disputar a elite. Uma reformulação da Federação em 1993 manteve o clube na Segundona. Depois disso nunca mais reviveu os melhores dias.

Associação Prudentina de Esportes Atléticos (Presidente Prudente)

Fundação; 26/10/1936

Extinta desde 1967.

Primeira equipe do Oeste do Estado a disputar a elite paulista. Campeão da Divisão de Acesso em 1961, se manteve até 1967 na Primeirona.

Saad Esporte Clube (São Caetano do Sul)

Fundação; 28/04/1961

Extinto desde 1989

Primeira equipe profissional da cidade de São Caetano do Sul. Esteve na primeira divisão de 1974 até 1976. Formou uma equipe muito famosa no futebol feminino, ganhando inclusive títulos internacionais.

Clube Atlético Taquaritinga (Taquaritinga)

Fundação: 17/03/1942

Licenciado desde 2015

Campeão da Segundona em 1982. Quase ficou de fora do Paulistão do ano seguinte, pois não tinha estádio. A população então arregaçou as mangas e em tempo recorde ergueu o Taquarão, orgulho da cidade. Voltou a ser campeão da Segundona em 1992. Mas só se manteve na Primeira Divisão por uma temporada. Em 2009, seu último suspiro, chegou as finais da A-2, mas não conseguiu subir.

União São João Esporte Clube (Araras)

Fundação: 14/01/1981

Licenciado desde 2015

Um dos clubes mais tradicionais do futebol paulista. Fundado e administrado pela Usina São João de Araras conquistou o Brasileiro Série B (1996), Brasileiro Série C (1988), Paulista da Divisão de Acesso (1987 e 2005).  Ficou quatro temporadas na Série A do Brasileirão (1993, 1994, 1995 e 1997). Revelou Roberto Carlos. Começou a derrocada com a queda para a A-3 do Paulistão em 2012. Com dívidas de 15 milhões de reais, pediu licença no final da temporada 2014, quando caiu para o quarto nível do futebol paulista.

Anúncios

4 comentários em “[Leitor] Clubes que fazem falta ao futebol paulista

  1. Boa noite!

    Muito legal o trabalho que vocês, acredito que faltou nessa lista o grande rival do meu Botafogo Futebol Clube, o Comercial Futebol Clube (Ribeirão Preto)!!

    1. Meu caro, vou ter que discordar de você, mas por um bom motivo. A lista é para clubes que estejam licenciados ou extintos, ou seja, ainda bem que não precisamos citar o Come-Fogo na lista, pois continuam aí ativos e com torcida forte.

  2. Parabéns pelo texto. Acompanhei toda a trajetória do Saad na primeira divisão, de 74 a 75. A cidade abraçava o clube, e o Estádio Lauro Gomes(atual Anacleto Campanella) vivia cheio. Vi grandes jogos lá, entre eles um surreal amistoso contra o Estudiantes de La Plata(2×1 Saad). Naquela época não havia acesso e descenso, e o Saad subiu depois de ganhar um torneio seletivo. E não fez feio na Primeirona, ganhando a maioria dos jogos contra os chamados “grandes”. Mas em 76, foi convidado a se retirar. E foi caindo, caindo …

  3. Excelente reportagem, depois dessa matéria Francana e Taquaritinga voltaram as atividades e estão disputando a Quarta Divisão Paulista, gostaria de deixar uma sugestão, falem sobre o futebol mexicano, é um futebol bem peculiar com franquias e com um acesso e descenso bem próprios,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s