A torcida do Brasília pressionou e deu certo!

Sexta-feira, 14 de agosto de 2015, às 15h14, a página do Brasília Futebol Clube no Facebook altera a foto de perfil, com um novo escudo. Domingo, 16 de agosto, por volta das 18h30, nova alteração, o escudo anterior voltou. Não durou dois dias, a proposta da diretoria do Brasília de mudar o escudo da equipe candanga que estreia nesta terça-feira (18), às 21h15, contra o Goiás, pela Copa Sul-Americana.

Do lado esquerdo, o
Do lado esquerdo, o “antigo” e na direita, a proposta do novo.

Brasília não possui grande tradição no futebol brasileiro. Segundo levantamento do Uol, a cidade é a única capital entre todos os filiados da FIFA sem clubes nas três primeiras divisões nacionais. Muitos são os fatores atribuídos, como por exemplo, a “juventude” da cidade (55 anos) que foi povoada por migrantes, estes que provavelmente já torciam por algum clube e passaram adiante tal preferência para os filhos. Por isso, muitos dizem, sem razão, que não há torcida pelos clubes do Distrito Federal, porém, mesmo que pequena, a torcida do Brasília pressionou e conseguiu fazer com que o escudo voltasse a ser colorado.

Quando o novo escudo e uniforme foram anunciados, uma enxurrada de comentários contrários a mudança começou a ser vista na página. Cerca de 40 comentários foram feitos, nenhum deles a favor. As reclamações eram quanto a identidade, as variadas trocas que já ocorreram, ao azul imposto, a troca do avião pela águia e pelo momento, prestes a estrear em uma comeptição internacional. O sentimento foi de espanto e os pedidos para voltarem ao ecudo antigo foram muitos.

A diretoria argumentava que a troca tinha a ver com os novos rumos do clube e uma tentativa de aproximação com as crianças, mas foi um completo tiro no pé, tanto que na nota confirmando as alterações, o texto foi atualizado e ganhou um “print”, com os comentários dos torcedores no Facebook, que reprovaram a mudança.

Depois de tantas reclamações, a diretoria do clube acatou e não mudou a identidade visual da equipe. Em nota, o presidente do clube, Luiz Felipe Belmonte disse: “No entanto, conquanto tenha havido boa receptividade de alguns setores estratégicos, inclusive na área de patrocínio, a Diretoria, sensível a reclamos de parte da torcida e buscando obter melhor diálogo com os torcedores, mas repudiando fortemente qualquer forma de agressão, está adiando e revendo a implantação de qualquer reformulação de identidade visual, mantendo a hoje existente, inclusive para disputa do Campeonato Sul-Americano”, o “Campeonato Sul-Americano” trata-se da Copa Sul-Americana.

Os colorados de Brasília pressionaram e deu certo. (Foto: Facebook - Brasília Futebol Clube)
Os colorados de Brasília pressionaram e deu certo. (Foto: Facebook – Brasília Futebol Clube)

A torcida colorada do Brasília fez muito. Primeiro, o escudo de um clube é a primeira identificação de uma agremiação. Segundo, mostrou que mesmo pequena, considerando os 6.442 seguidores no Facebook, a pressão e a paixão por um clube é eficaz. E por último, fez com que o futebol do Distrito Federal tivesse um respiro e demonstre que pode ter força, algo que o próprio Brasília mostrou em 2014, com a conquista da Copa Verde.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s