Nove jogadores famosos na Championship

A Championship, a segunda divisão inglesa, até a última temporada – ESPN Brasil e Fox Sports transmitem a partir desta temporada, a Liga Adelante, segunda divisão espanhola – a única “segundona” europeia com transmissão oficial no Brasil, com os canais ESPN. A divisão é conhecida pelos seus bons públicos e por ser, até certo ponto, rica, e assim atrair jogadores selecionáveis e com história.

O Série Z traz uma lista de jogadores famosos que irão disputar a Championship 2015/16 que outrora já tiveram seus “90 minutos” de fama.

Tomasz Kuszczak – Birmingham

1 KUZS

O goleiro polonês vestiu a camisa do Manchester United por seis anos, porém, em Old Trafford, foi o eterno reserva de Van der Sar. Também pudera! O arqueiro se destacou no West Bromwich em 2005/06, o que garantiu vaga no elenco da seleção para a Copa do Mundo 2006 e a ida para os Red Devils.

Emile Heskey – Bolton

BIR04-20010408-LONDON, UNITED KINGDOM: Liverpool striker Emile Heskey celebrates in the pouring rain after scoring his team's first goal against  Wycombe Wanderers 08 April 2001, during their F.A. Cup semi-final match at Villa Park, Birmingham.    EPA PHOTO         EPA/GERRY PENNY

O Bolton poderia ter dois jogadores nesta lista, caso Ejdur Gudjohnsen continuasse a dupla, com ele: Emile Heskey. No currículo, duas Copas (2002 e 2010) e duas Eurocopas (2000 e 2004). O melhor momento do centroavante foi no Liverpool, nos quase cinco anos de clube. Em 2000/01 teve sua melhor temporada, com 22 gols em 56 jogos.

Fábio da Silva – Cardiff City

3 fabio

Ao contrário de seu irmão gêmeo Rafael, Fábio não conseguiu se firmar no Manchester United. Sua melhor temporada foi em 2010/11 com 25 jogos disputados e dois gols anotados. Em 2012/13 foi para o Queens Park Rangers, voltou ao Manchester, fez três jogos e depois acertou com o Cardiff onde joga desde a metade da temporada 2013/14. Aliás, Rafael não se deu bem com Van Gaal e acertou com o Lyon.

Alou Diarra – Charlton

4 alou

O volante tem duas Copas no currículo. Em 2008/09, como capitão do Bordeaux, ajudou a equipe a quebrar a sequência de sete títulos do Lyon, clube no qual foi campeão duas temporadas antes. Em 2012, após uma temporada no Olympique Marseille acertou com o West Ham, mas as lesões atrapalharam. Foi emprestado ao Rennes, mas voltou e durante a temporada passada acertou com o Charlton.

Darren Bent – Derby County

5 bent

Nas janelas de transferência, Bent muitas vezes era cotado para acertar com um gigante inglês. Nunca acertou. O maior clube por onde passou foi o Tottenham, entre 2007 e 2009. Porém, foi no Sunderland que o atacante teve a melhor passagem, com os 25 gols na temporada 2009/10. O atleta também conta com 13 participações pela seleção inglesa.

Jonathan Woodgate – Middlesbrough

6 wood

Muitos continuam se perguntando, a razão de Woodgate ter sido contratado pelo Real Madrid, na era dos galácticos, em 2004. Talvez a resposta seja os apenas 14 jogos feitos pelo zagueiro, em duas temporadas e meia pela equipe espanhola.

Stewart Downing – Middlesbrough

7 down

Você pode até não se lembrar de momento, mas a história da passagem dele pelo Liverpool é daquelas para mostrar que os “poderosos europeus” também caem no conto das edições de DVD. Mesmo tendo disputado a Copa do Mundo de 2006, Downing teve como ponto determinante em sua contratação pelo Liverpool em 2011, um vídeo, onde o jogador “acerta” cinco bolas seguidas em um cesto. Tom Werner, então diretor do clube, viu o vídeo e nem pestanejou. Pagou 22,8 milhões de euros pelo jogador. São os bastidores da bola, mas vai que…

Robert Green – Queens Park Rangers

8 green

A imagem acima, talvez, resuma quem é Green para você. Em toda sua carreira, o goleiro teve apenas três clubes: Norwich City, West Ham e o QPR.

Era a primeira rodada do grupo C da Copa do Mundo de 2010. Inglaterra e Estados Unidos era o jogo. David James, que também não passava uma confiança absoluta, foi o titular em boa parte das Eliminatórias, mas nos dois últimos jogos, Robert Green assumiu a posição e assim foi naquela estreia. Aos 40 minutos do primeiro tempo, empate sem gols, até que Dempsey chutou e o resultado, você vê abaixo…

Pavel Pogrebnyak – Reading

9 progre

Pogrebnyak. Quem acompanhou a final da Copa UEFA em 2008 lembra-se dele. Fazia parte do time do Zenit, que surpreendeu e encantou a Europa. O centroavante fez 11 gols naquela campanha. Depois da Rússia, até fez seus gols no Stuttgart, depois acertou com o Fulham, onde experimentou um declínio na carreira.

Outras menções

Outros nomes valem destaque, como por exemplo, os selecionáveis uruguaios Stuani e Abel Hernández, que defendem Middlesbrough e Hull City, respectivamente, porém Abel ainda pode sair da equipe, pois tem interesse de clubes como Torino e Benfica.

O Fulham conta com Scott Parker, que fez parte do começo da Era Abramovich no Chelsea e Amorebieta, zagueiro venezuelano de origem basca, que fez chamou atenção na passagem de Bielsa no Athletic Bilbao.

Tem ainda Souleymane Bamba, do Leeds United, que disputou as duas últimas Copas com a Costa do Marfim; Wilson Palacios, do Hull City, figurinha carimbada da seleção hondurenha e Kenwyne Jones, que fez estava o elenco da histórica participação de Trinidad & Tobago na Copa do Mundo de 2006. Vale menção, também, a Bobby Zamora, centroavante de muitas temporadas de Premier League, que volta a defender o Brighton & Hove Albion.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s