12 jogadores famosos na segunda fase preliminar da Liga Europa

A Liga Europa não tem o mesmo apreço, obviamente, que uma Liga dos Campeões, mas para os adeptos de futebol alternativo, sem dúvida, levando em consideração as últimas edições da competição.

A fase de grupos já é relegada, imagina a segunda fase preliminar. Porém, tal etapa conta com jogadores famosos que passaram por grandes clubes e que atualmente buscam ajudar clubes menores e até mesmo de países periféricos. Esta preliminar conta com 66 clubes dos mais variados países. Confira uma lista com esses jogadores:

Anatoliy Tymoshchuk – Kairat (Cazaquistão)

1 Tymoshchuk

Apesar de ter disputado a Copa do Mundo em 2006, o volante ucraniano Tymoshchuk ficou famoso no célebre título da Copa UEFA, em 2007/08, quando era capitão do, então novo rico, Zenit St. Petersburg. Na temporada seguinte fechou com o Bayern Munique, onde ficou por quatro temporadas. Retornou ao Zenit e no início da atual temporada, aos 36 anos, aceitou proposta do Kairat.

Milan Baroš – Mladá Boleslav (República Tcheca)

2 Baros

O centroavante Baros fazia parte da “ótima seleção tcheca” na Copa de 2006. O jogador passou seis anos no futebol inglês. Boa parte, atuando pelo Liverpool e depois pelo Aston Villa. Teve boas atuações no Lyon e se transferiu para o Galatasarat, onde ficou entre 2008 e 2012. Depois disso, jogou pelo Banik Ostrava, Antalyaspor, Banik, novamente e nesta temporada acertou com o Mlada.

Dickson Etuhu – AIK Solna (Suécia)

3 ETUHU

O volante nigeriano Etuhu jogou por quase 15 anos no futebol inglês, passando por Preston, Norwich City, Sunderland, Fulham e Blackburn. O melhor momento foi no Fulham, onde ajudou a equipe londrina a chegar na final da Liga Europa 2009/10. Em 2014, pelo Blackburn chegou a jogar no time sub-21 e ficou livre para acertar com outro clube.

Daniel Agger – Brondby (Dinamarca)

4 AGGER

O zagueiro dinamarquês teve média aproximada de 30 participações por temporada entre 2006 e 2014, período que defendeu o Liverpool. Em agosto de 2014, boatos ligavam o nome do jogador ao Barcelona, semanas depois, o Brondby, clube que o formou anunciou a contratação.

Johan Elmander – Brondby (Dinamarca)

5 ELMANDER

O centroavante sueco nunca conseguiu ficar mais de três temporadas em um clube. Talvez, ser parceiro de ataque de Ibrahimovic na seleção sueca, o tornou famoso. Entre os grandes centros europeus, passou por Toulousse, Bolton e Galatasaray.

Róbert Vittek – Slovan Bratislava (Eslováquia)

7 vittek

Em 2010, a Eslováquia fez cinco gols na Copa do Mundo, quatro destes foram marcados por Vittek, que vivia boa fase no Nurnberg. Vittek teve importância na surpreendente vitória eslovaca sobre a Itália, por 3 a 2, com dois gols, que acabou eliminando os então atuais campeões do mundo.

Zoltán Gera – Ferencváros (Hungria)

8 gera

Um dos “ídolos” recentes do West Bromwich, Gera atualmente joga pelo Ferencváros, clube no qual saiu para a Inglaterra. No clube inglês, fez 191 partidas em duas passagens. Nesse período, longe do Albion atuou pelo Fulham, onde junto com Etuhu, foi vice-campeão da Liga Europa.

Fabrizio Miccoli – Birkirkara (Itália)

9 palermo

No currículo: Juventus, Fiorentina, Benfica, Palermo e Lecce. Um italiano em Malta. Este é Miccoli, atacante, que tenta ajudar o Birkirkara a avançar de fase na Liga Europa, mas a tarefa é difícil, pois o West Ham é o adversário.

Damien Duff – Shamrock Rovers (Irlanda)

10 duff

Um dos precursores da Era Abramovich de contratações do Chelsea, Duff teve carreira estável e regular no futebol inglês. A história da contratação dele, junto ao Shamrock Rovers, da cidade natal do atleta é uma das melhores dessa janela: o jogador irá destinar o salário que receber a uma instituição de caridade de Dublin

Morten Pedersen – Rosenborg

11 blasckburn

Por 10 anos, Pedersen defendeu o Blackburn, onde teve bom destaque. Em 2014, o jogador saiu do clube para o Karabukspor, da Turquia. No ano passado retornou a Noruega para atuar pelo Rosenborg.

Alguns clubes não são tão “alternativos”, mas vale menção a alguns jogadores

PAOK: Ricardo Costa (zagueiro), Maduro (volante) e Salpingidis (atacante);

Trabzonspor: Bosingwa (lateral), Mbia (volante) e Óscar Cardozo (atacante);

West Ham: Mauro Zárate (atacante), Ogbonna (zagueiro), Andy Carrol (atacante) e Enner Valencia (atacante).

Bônus brasileiro

Erick Flores – Përparimi Kukesi (Albânia)

6 erick

Esse é um famoso para nós brasileiros. “Eterna grande promessa” do Flamengo, Erick Flores foi emprestado nove vezes para outros clubes. Depois de “andar” pelo Brasil, o meia saiu do Boavista para rumar a Albânia, onde vem sendo titular do Përparimi Kukesi.

Luciano Bebê – Omonia (Chipre)

Ídolo no AEL Limassol, Bebê até disse que ficaria no clube, mas o Omonia o contratou. Aqui no Brasil, Luciano foi um dos melhores jogadores na boa fase do Noroeste nas campanhas do Campeonato Paulista entre 2006 e 2009. O meia fez parte de um dos jogos memoráveis do Norusca.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s