Gana sub-20 de 2009: quais disputaram uma Copa?

Em 2009, Gana se tornou a primeira seleção africana campeã mundial da categoria. Na final, venceu o Brasil, de Ganso, Giuliano e Alan Kardec, nos pênaltis, por 4 a 3, após empate sem gols no tempo normal e na prorrogação.

A seleção era comandada pelo ganês Sellas Tetteh, que voltou ao selecionado, em 2013 e irá comandar a seleção no Mundial da categoria, que se iniciou nesta sexta-feira (29), na Nova Zelândia. Sellas convocou uma equipe “multinacional”, sendo oito jogadores atuavam em Gana. Espanha e França contavam com três; Itália e Qatar, dois e Holanda, Suíça e Portugal, com um cada.

As categorias de base de uma seleção servem como aprendizado para que em um futuro próximo, possam servir o time principal e quem sabe representá-la em uma Copa do Mundo. Desde aquele ano, Gana conseguiu vaga nos dois Mundiais seguintes, mas quantos deles foram utilizados?

Será que Dominic Adiyiah, artilheiro da edição, com oito gols construiu uma carreira sólida e participou do Mundial “dos adultos”? Dos 21 convocados, oito tiveram a chance de disputar a Copa do Mundo de 2010 ou 2014, ou até mesmo, as duas edições. Confira o levantamento:

Copa do Mundo 2010

Daniel Agyei – goleiro

Em 2009, foi um dos três jogadores a atuarem em todos os mintutos da campanha do título. Jogava pelo Liberty Professionals, de Gana e lá mesmo, foi convocado para a Mundial da África do Sul. Não entrou em campo. Continua no Liberty, após rápida passagem pelo futebol sul-africano.

Dominic Adiyiah – atacante

Grande promessa na época, Adiyiah foi contratado pelo Milan após o Mundial, onde não fez nenhum jogo. Mesmo assim, foi convocado para a Copa, para participar de 33 minutos em duas aparições. A carreira não deslanchou e hoje, o atacante defende o Nakhon Ratchasima, da Tailândia.

De melhor jogador do Mundial sub-20, em 2009, para o futebol tailandês, atualmente.
De melhor jogador do Mundial sub-20, em 2009, para o futebol tailandês, atualmente.

Copa do Mundo 2014

Daniel Opare – lateral

Talvez, o fato de jogar no time B do Real Madrid não contribuiu para que Opare fosse à Copa de 2010. Ao fim do contrato acertou com o Standard Liège e de la´embarcou para o Brasil em 2014, onde jogou apenas uma partida. Foi contratado pelo Porto e repassado para o Besiktas, atual clube. No Mundial Sub-20 de 2009, participou de dois jogos.

Mohhamed Rabiu – volante

O volante participou de seis jogos de sete possíveis na campanha do título mundial. Jogava no Xerez na época e depois acertou com a Sampdoria, mas jogou apenas no time B. No Évian TG, da França, consolidou a carreira e foi convocado para a Copa, em que participou das três partidas da equipe. Atualmente defende o Kuban Krasnodar, da Rússia.

Emmanuel Agyemang-Badu – volante

Um dos pilares do esquema de Tetteh, Badu jogava no Asante Kotoko. Uma temporada depois, após o término da Copa de 2010, acertou com a Udinese, onde joga, atualmente. Participou de dois jogos da seleção em 2014.

2010 e 2014

Samuel Inkoom – lateral

Titular na campanha de 2009, Inkoom conseguiu disputar duas Copas. Mesmo assim, não foi titular em nenhuma delas. Em 2010, participou de dois jogos e em 2014, não entrou em campo. Um terceiro mundial é dúvida, por enquanto, já que o lateral está sem clube, desde que saiu do DC United, em 2014.

Jonathan Mensah – zagueiro

Também titular em 2009, Mensah, participou de todas competições adultas oficiais pós-2009. Em 2010, participou de quatro jogos do Mundial, mas ficou de fora do emocionante empate com o Uruguai. Em 2014, foi titular nos três jogos.

André Ayew – atacante

Antes mesmo de ser campeão sub-20, onde era titular e ter feito dois gols, o filho de Abédi Pelé, já havia disputado a CAN 2008, com os profissionais. Em 2010, participou de quatro jogos, sem gols marcados. Quatro anos depois se tornou um dos líderes da equipe e fez dois gols na decepcionante campanha do Mundial. Defende o Olympique Marseille, atualmente.

Filho de Abedi Pelé é o que tem carreira mais consistente entre os oito jogadores. (AP Photo/Thanassis Stavrakis)
Filho de Abedi Pelé é o que tem carreira mais consistente entre os oito jogadores. (AP Photo/Thanassis Stavrakis)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s