O quarto pote da Liga dos Campeões

liga_uefaPara este blog, o mais charmoso dos potes do sorteio da fase de grupo é o de número quatro. Lá estão os mais alternativos dos clubes que chegaram a tão sonhada oportunidade de enfrentar os grandes clubes europeus.

Nesta temporada o pote 4 foi ocupado por Napoli, Celtic, Anderlecht, Steaua Bucareste, Copenhagen, Real Sociedad, Viktoria Plzen e Austria Viena. O que define cada pote é a posição no ranking da UEFA que leva em conta os últimos cinco anos.

O Napoli, obviamente não tem nada de alternativo, com contratações impactantes e uma grande história, o clube italiano se credencia a candidato a surpresa da Champions. O sorteio reservou ao ex-clube de Maradona e Careca os confrontos contra Arsenal, Borussia Dortmund e Olympique Marseille pelo grupo F. Seria preocupante uma classificação se não fosse a estagnação do Arsenal e a fraqueza do Olympique fora da França. O Dortmund é o grande rival na luta pelas duas vagas para as oitavas.

Um degrau abaixo do Napoli, levando em conta o pote, está o Celtic. O clube escocês que na temporada passada venceu o Barcelona e chegou a segunda fase tem um grupo que lhe reserva grandes pedreiras: Barcelona (novamente), Milan e Ajax. Mesmo o Milan com um time em reconstrução, não dá para imaginar que os rossoneros não fiquem com a segunda vaga, pois a primeira tem tudo para ser do Barcelona. Mesmo disputando a fraca liga escocesa, o Celtic tem conseguido melhores resultados que o Ajax, seu rival na luta pela vaga na Liga Europa.

Outrora forte na Europa, o Anderlecht se contenta em disputar a fase de grupos. Maior clube belga, a equipe tem presença constante nesta fase e sem sucesso na maioria delas. Mas quem sabe a sorte não mude. O grupo C no qual faz parte tem apenas um gigante, o Paris Saint-Germain, além do Benfica que continua em crise desde o final da temporada passada e o Olympiacos, clube de mesmo nível comparado aos belgas. Quem sabe, o Anderlecht não desencante.

Campeão da Champions em 1985/86, o Steaua Bucareste mesmo não sendo aquele forte clube, deu sorte ao cair ao lado de Chelsea, Schalke 04 e Basel. Beliscar uns pontos não é tarefa difícil, exceto contra o Chelsea. O sufoco dos play-offs “compromete” os romenos sobre o que irão fazer na fase de grupos que não disputam desde 2008/09.

Se tem um clube que é candidatíssimo a saco de pancadas, este é o Copenhagen. Não só pelo grupo em que caiu, ao lado de Real Madrid, Juventus e Galatasaray, mas muito pela horrorosa campanha que vem fazendo no campeonato dinamarquês, na qual ocupa a vice-lanterna, com apenas três empates em seis jogos. Se algum dos clubes conseguir perder pontos para os dinamarqueses compromete e muito a classificação.

Dos grandes centros do futebol europeu, a Real Sociedad representa os “clubes alternativos”. Mesmo tradicional em campos espanhóis, a classificação para a Champions foi uma grande surpresa, com pouco investimento o clube basco deixou pra trás Valencia e Málaga e garantiu a volta a liga. O clube chega a sua quarta disputa de UCL em um grupo equilibrado. Não é favorito, mas mostrou grande futebol nos jogos contra o Lyon. Manchester United e Shakhtar Donetsk saem na frente, mas não será surpresa alguma ver o clube de San Sebastián classificado, assim como não será uma tragédia a eliminação. No palpite tem leve vantagem sobre o Leverkusen na disputa pela Liga Europa.

Ausente na última Champions, o Viktoria Plzen não deixou a Europa de lado, pois conseguiu chegar as oitavas da Liga Europa na temporada passada eliminando o Napoli. Para esta temporada novamente não deve dar trabalho. Seu grupo tem Bayern Munique e Manchester City como favoritos. O CSKA Moskow é mais forte deixando o clube cervejeiro com chances remotas.

Quando o assunto é fase de grupos, o Áustria Viena acaba não entendendo. Pela primeira vez, o clube disputa a UCL neste novo formato. Uma das grandes equipes austríacas deu sorte, caiu em um grupo equilibrado: Porto, Atlético Madrid e Zenit. Sem dúvidas, que a Viola não deve ter chances de classificação, mas será um grande aprendizado.

Resumindo, o Napoli é o único com chances de ir além entre os integrantes do pote 4. Anderlecht e Real Sociedad podem sonhar. O Celtic poderia ser outro clube candidato, mas não deu sorte no grupo em que caiu. O Steaua pode beliscar alguns pontos em seu grupo. Copenhagen, Plzen e Viena vão lutar pra ver quem será o saco de pancadas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s